Compaixão

msg-compaixao

Quantas vezes nos bloqueamos ao que é o sofrimento do outro, muitas vezes por não sabermos como ajudar, ou por algo que nos aconteceu, ou até por alguns segundos achar que nossos problemas estão grandes demais. Mas mesmo com tudo isso, nos permitamos a ter compaixão pelas pessoas a nossa volta, às vezes só querer estar junto, mesmo que não ofereça nenhuma ajuda, mas estar ao lado e sentir com ele a sua dor, a sua companhia já estará amenizando isso. Isto é compaixão, é “sentir com”, e se algo puder ser feito, mesmo que algo tão pequeno, ou que nem chega perto de resolver a situação, já vai ser algo maravilhoso, pois o que mais valeu foi a tentativa, o estar junto, o envolvimento.
Nos coloquemos mais no lugar das pessoas, cultivemos essa proximidade, nos permitamos a ter compaixão, pois como Jesus disse: “Há mais alegria em dar do que em receber” e que foi traduzido por São Francisco como um desejo e fazia parte de sua oração: “Ó mestre fazei que eu procure mais, consolar que ser consolado, amar do que ser amado…”
Jesus sentiu compaixão de nós e como isso é belo, fomos amados por Deus, fomos amados por Jesus, Jesus se doou até a morte por nós e morte de cruz.

Nos permitamos hoje a ter compaixão àqueles que estão a nossa volta e descubramos a força que o amor tem em nossas vidas.

Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *