Convidados com grandes colheres

convidados-com-grandes-colh

Versão em Texto:

HISTÓRINHA

Convidados com grandes colheres

Um solitário asceta, que fazia penitência no deserto, teve a oportunidade de fazer uma viagem para olhar brevemente como era o céu e o inferno.
Para sua surpresa, se pareciam muito, pois, tanto no céu como no inferno, as pessoas estavam sentadas ao redor de uma panela com um guisado delicioso que exalava um delicioso cheiro. Em ambas as partes, cada pessoa tinha atada à sua mão direita uma colher de sopa com um imenso cabo.
Entretanto, ainda que se parecessem muito, havia uma diferença fundamental…
No inferno, cada indivíduo só pensava em si mesmo e tratava desesperadamente de alimentar-se. Porém, isso era impossível com um cabo tão grande; assim, sua fome se transformava em angústia. Por isso estavam tristes, amargados e frustrados, pois não podiam degustar de tão delicioso manjar.
No céu, ao contrário, cada um dava de comer a outra pessoa com sua grande colher de sopa. O resultado era felicidade, alegria e até bom humor, pois provavam e compartilhavam o saboroso alimento.
A grande diferença entre o céu e o inferno, seja nesta ou noutra vida, é que, no primeiro, cada um só pensa em si mesmo e quer a panela de carne só para si. Ao contrário, no céu, compartilham e vivem a alegria de dar, que frutifica em receber também os demais.
Quando o eremita solitário regressou de sua viagem à vida eterna, abandonou o deserto e foi para um hospital atender aos doentes.

História tirada do Livro “Como Evangelizar com parábolas” de José H. Prado Flores e Ângela M. Chineze – Editora Canção Nova, 2008 – 6ª edição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *