Não canse de fazer o bem

msg-nao-canse-de-fazer-o-bem

Quando caminhamos para fazer as coisas para Deus, muitas coisas podem acontecer nos afrontando ou nos cansando mesmo, podemos sim nos restabelecer, abastecer, e fazer isso é muito importante, mas não podemos desanimar, não podemos achar que já fizemos demais, que podemos relaxar, resumindo, não podemos cansar de fazer o bem.
Aquilo que é de Deus é belo, mas somos nós que temos que apresentá-lo, quando nos propomos a isso, deixa de sermos nós e o próprio Senhor age, quando você faz o bem sem se preocupar em ter alguma recompensa, quando faz o bem no anonimato, quando coloca-se a serviço para o bem do outro, você está permitindo e sendo instrumento para que o belo de Deus aconteça.
Mesmo que ninguém veja isto, é importante, então continue, não faça para homens, seja decidido, faça tudo o que for fazer para Deus. É no cansaço, no deserto, nesta hora que ganhamos têmpera, nos fortalecemos, crescemos.

Deixa Deus te curar no amor e continue colocando amor no que faz, continue colocando os seus dons a serviço do outro e que esses dons se multipliquem cada vez mais, tenha fé, Jesus nunca disse que seria fácil, e mesmo assim continua nos chamando, Ele age e quer agir mais e mais e para isso você só precisa acreditar e continuar.

Abraços

Chamado de Pedro – Para Colorir

chamado-de-pedro

Usando como o tema o evangelho do domingo passado, fiz esta ilustração para colorir do chamado de Pedro. Que o Senhor nos chame e capacite cada dia mais para o serviço as coisas Dele. Que não fiquemos limitados a fazer as coisas para nós mesmos, mas façamos para o bem do outro. O Senhor é a cabeça e nós somos seus braços, pernas, mãos… Ele quis contar conosco e por isso nos chama.

Espero que este desenho bíblico seja útil.

Um grande abraço a todos!

A vaidade

msg-avaidade

Em Eclesiastes no capítulo 1 versículo 2, vemos assim: “Vaidade das vaidades, diz o Eclesiastes, vaidade das vaidades! Tudo é vaidade.”

Hoje gostaria de falar sobre a vaidade, mas a maior motivação é uma meditação, ou uma afirmação que me chamou muito a atenção e que fala de como vemos as coisas.
E diz assim: Vemos as coisas a nossa volta sim, mas o mais interessante é que diante de um convite, ou diante de algo que vamos fazer nos vemos fazendo aquilo. Então mais do que enxergar as coisas nós nos enxergamos naquilo, ou naquela situação, e isto é bom!

Graças a isto, diante de um convite para algo ruim, ou perigoso recusamos!

O problema começa quando não nos aceitamos em situações simples, ou que não tenhamos destaque! E isso sim é ruim! Ainda mais quando deixamos de lado realizar o necessário para buscar o que convém para a nossa melhor imagem!

Dependendo da forma que encaramos isso, podemos querer parar o que fazemos para não sermos vaidosos, mas este também não é caminho!

O caminho é o conhecimento real de quem somos, e do nosso chamado, e estar sempre disposto a fazer o nosso melhor! O primeiro chamado nosso é a busca da santidade! O segundo é fazer tudo com amor e assim não seremos surpreendidos, e se isso fizer alguém querer nos elevar, que lembremos que o que fazemos sempre terá alguém que possa fazer o que fazemos e fazer melhor, e que o importante foi ter feito o que gosta, o que era para o bem do próximo, o que não poderíamos deixar de lado, e que pudemos ser útil, pois a beleza está em servir e não em ser servido!

Agora, por vaidade querer se destacar? Querer ser lembrado para se sentir mais importante? Isso não leva a nada! Não produz fruto, não compensa o esforço! Que nós nos esforcemos por aquilo que dá fruto, por aquilo que permanece, promovamos o amor e não a nós mesmos!

Abraços!