Entupindo a vida!

msg-entupindoavida

Certo dia, ouvi numa entrevista Augusto Cury falando que o número de informações que uma criança de sete anos hoje em dia já recebeu é maior do que um César Romano recebeu sua vida inteira e aquilo me chamou a atenção;
Hoje, parei para pensar o quanto de informação desnecessária recebemos em nossa mente desde o amanhecer e que mesmo não notando pode nos tirar a paz, trazer preocupações de algo que muitas vezes não nos cabe resolver.
E me veio em mente, e também um sentimento de necessidade de prestar mais atenção a isso, de que talvez faria meu trabalho ou daria mais atenção ao que tenho a fazer ou a pessoa que está ao meu lado se deixasse tantas notícias, tantas informações, notificações de celular, para momentos determinados, pois acredito que se eu permitir receber estas informações a todo momento, ou assim que são disponibilizadas, ou assim que ligo a televisão ou meu computador, poderia entupir o meu dia com coisas externas, muitas vezes supérfluas.

Por isso escrevo estas mensagens, sempre com uma reflexão, ou uma palavra de incentivo, pois podem em algum lugar, ser uma palavra de apoio, algo que possa fortalecer e encorajar, algo que possa ter de alguma forma um proveito.

Agora notícia, por notícia, novidade por novidade, não leva a nada, temos que filtrar o que vemos, o que ouvimos e o que está ocupando o nosso precioso tempo, senão estaremos entupindo a vida!

Abraços!

Cuidados dos Cristãos

cuidados-dos-cristaoshalloween-2016.jpg
 
Hoje quero apenas lembrar nesta postagem, a importância de refletir para não entrarmos na onda do que nada acrescenta o Dia das Bruxas ou o Halloween!
Para que pintarmos desenhos, fazer decorações ou fantasias sobre bruxas, esqueletos (mortos), diabos? Seria lembrá-los ou exaltá-los?
Se houver reflexão provavelmente, não faríamos, se pensarmos no sentido do que estamos fazendo, inclusive evitaríamos.
Que em nossas limitações e erros do dia-a-dia, não somemos esse. Que ao vermos nossas crianças falando disso que viu na escola, na televisão, não incentivemos, mas façamos uma orientação.
As crianças não devem ter contato com isso, fazer disso uma comemoração, elas são cheias de vida, de amor e de carinho, e não tem nada haver com coisas de bruxas, diabos e cadáveres.
Se você vê no Halloween uma oportunidade da criança lidar com o medo de monstros, ou da realidade da morte, pense nisso, esta data estão comemorando o dia das bruxas, não ensinando a lidar com realidades de medo. Que nossas crianças comemorem datas alegres, aniversários, a vida e aprendam conosco que o mal existe, a morte existe, mas que o amor e a fé também existem e é maior e capaz de nos levar a superar qualquer medo do desconhecido.

Que tenhamos este zelo! E um ótimo dia de todos os santos no dia 1º de novembro!

Um abraço!

Viva o Momento

Viva o Momento

Esta imagem fala por si só!

Lembro aqui de vezes em que apenas vivi o momento e que não tenho como mostrar, porque não registrei, mas ainda posso contar e com riqueza de detalhes estes momentos sem ter a preocupação de guardá-las de outra forma senão na memória.

Vale aqui nos perguntar, esta senhora será que não tinha um celular? Ou será que apenas estava vivendo o momento?